CIELO: ANÁLISE FUNDAMENTALISTA ATÉ SETEMBRO 2016

CIELO surgiu em 1995 quando uma série de grandes bancos e a Visa Internacional se uniram para criar a Companhia Brasileira de Meio de Pagamentos que veio a se transformar na Cielo ao final de 2009. A proposta da companhia era centralizar a rede de relacionamento com afiliados em todo o Brasil reduzindo custos e otimizando a margem. Atualmente, a companhia opera as bandeiras Visa, Mastercard, American Express, Diners Club Internationa, JCB (Japan Credit Bureau), Elo e bandeiras de menor circulação. A empresa tem presença internacional e participação em diversas empresas que atuam na cadeia de processamento de pagamentos.

Nota: Neste trabalho estritamente acadêmico, procuramos a partir dos demonstrativos financeiros publicados pela empresa aos órgãos regulamentadores do mercado de capitais (CVM) em efetuar uma análise fundamentalista utilizando indicadores da gestão financeira e econômica; no sentido de testar a aplicabilidade dos indicadores de finanças amplamente difundidos por autores de renomes nacionais e mundiais na análise do desempenho empresarial; permitindo assim, julgamentos sobre o aspecto estritamente financeira e que agregado ao planejamento estratégico poderá contribuir para análise em diversos sentidos.

Também reconhecemos que o desempenho futuro é reflexo de uma sólida construção apresentada no desempenho histórico.

Estudo em elaboração.

Capturar

Capturar

Capturar

Capturar

Capturar

Capturar

Capturar

Capturar

Capturar

Capturar

Capturar

Capturar

Capturar

Capturar

Leia mais

Mais lidas

Últimos conteúdos