Magazine Luíza: E-commerce um caminho que está dando certo….

A empresa vem apostando na transformação digital de um varejo tradicional com uma área digital para uma plataforma digital com pontos físicos e calor humano, baseando em 05 pilares do seu planejamento estratégico que são:

Diluição significativa das despesas operacionais. No 3T17, as despesas operacionais foram diluídas em 1,6 p.p. para 22,9% da receita líquida. As despesas cresceram apenas 18,4% versus o crescimento da receita líquida de 26,5%, resultando em uma significativa alavancagem operacional. Essa diluição reflete o crescimento do e-commerce, a continuidade do programa de Orçamento Base Zero (OBZ) e Gestão Matricial de Despesas (GMD), bem como a maturação dos projetos da transformação digital, como o aplicativo Mobile Vendas e o Retira Loja.

Os resultados financeiros comprovam que o pensamento estratégico está dando certo:

  • E-commerce cresceu 60%, atingindo 32% das vendas
  • Lojas físicas evoluíram 20% no total (15% mesmas lojas)
  • Vendas totais aumentaram 31%, alcançando R$4,4 bilhões (R$14,4 bilhões em 2017)
  • A Receita líquida totalizou em 2017 R$ 11,9 bilhões contra R$ 9,5 bilhões de 2016
  • EBITDA cresceu 38% para R$313 milhões, margem de 8,6% (R$1,0 bilhão em 2017)
  • Lucro líquido cresceu 260% para R$166 milhões, margem de 4,6% (R$389 milhões em 2017)
  • Geração de caixa operacional de R$1,0 bilhão em 12 meses
  • Posição de caixa líquido de R$ 1,7 bilhão em dez/17
  • A Rentabilidade do Patrimônio líquido em 2017 foi de 18,76% decorrente de um giro de 1,62; uma margem de 3,25% e uma alavancagem de 3,58; e o fator positivo foi a redução da participação do capital de terceiros em relação ao capital próprio que reduziu de 2,97 em 2016 para 0,42 em 2017.

Maiores detalhes acesse o desempenho da empresa desde 2009 até 2017.

Magazine Luiza: Analise fundamentalista 2009 até 2020

 

 

Leia mais

Mais lidas

Últimos conteúdos